Educação

Pós-graduação Lato Sensu ou Stricto Sensu? Entenda as diferenças

0

Você terminou a graduação e agora quer continuar os estudos. O mercado de trabalho está cada dia mais competitivo e é preciso se destacar rapidamente em meio a seus concorrentes. Algumas carreiras valorizam mais uma formação focada em ciência e pesquisa, como é o caso da docência. Outras, ao contrário, prezam por profissionais com experiência de mercado e cursos de formação mais prática. Para atingir quaisquer que sejam seus objetivos e áreas de atuação profissional, que tal fazer uma pós-graduação?

Mas qual curso escolher? Pós-graduação lato sensu ou stricto sensu? Quais as diferenças entre uma e outra? Entenda as distinções por meio das informações abaixo.

Qual o significado de uma pós-graduação lato sensu?

No Brasil, o termo “pós-graduação” compreende ambas as formas de continuação dos estudos após a conclusão de uma graduação, stricto sensu e latu senso. No entanto, existem diferenças basilares entre uma e outra.

Primeiramente, é importante ressaltar que os cursos de pós-graduação lato sensu são mais abrangentes, como o próprio nome em latim diz. Normalmente, são cursos de menor duração (a partir de 360 horas) e que concedem, após sua conclusão, um certificado — e não diploma. Esse certificado é normalmente concedido após a apresentação e aprovação de artigo ou monografia (por escrito, visto que não se exige banca na maioria dos casos).

São programas de especialização nas áreas mais diversas possíveis com características mais práticas e voltadas para as necessidades iminentes do mercado de trabalho. Esses cursos podem ser ministrados por instituições públicas e privadas, mas, normalmente, são pagos, independentemente da natureza da instituição.

Ao contrário dos cursos stricto sensu, as especializações têm maior liberdade de gestão da grade curricular de seus processos seletivos e da concessão de certificados. Além disso, a maioria das instituições exige apenas que o aluno tenha um diploma de graduação para iniciar o curso. O processo seletivo é, portanto, muito mais célere e simplificado.

E o MBA?

Principalmente para quem é formado em cursos de Administração, a opção por um MBA (Master in Business Administration) é bastante comum. O MBA também é considerado uma pós-graduação lato sensu, mas não se confunde com o conceito de mestrado (que é stricto sensu) no Brasil. O foco do MBA é muito voltado para as áreas de negócios e de gestão de empresas, ainda que muitos cursos procurem ter interdisciplinaridade em sua grade curricular. Por essa razão, existem cursos de MBA em áreas como a gestão de recursos ambientais, gestão de serviços de saúde, gestão de comunicação, entre outros ramos do mercado.

Qual o significado de uma pós-graduação stricto sensu?

Os cursos de pós-graduação stricto sensu correspondem aos programas de mestrado e de doutorado, que também podem ser ministrados por instituições de ensino públicas e privadas. No caso do Mestrado e do Doutorado, que compreendem os cursos de pós-graduação stricto sensu, as exigências em relação à instituição de ensino são maiores. O Ministério da Educação fiscaliza e exerce maior controle sobre aspectos da grade curricular, do corpo docente e da produção científica, entre outros critérios.

Esses cursos normalmente têm duração maior, de dois a três anos para mestrado, e de três a quatro anos para o doutorado. Além disso, são muito voltados para o aprofundamento teórico da pesquisa acadêmica. O perfil das disciplinas é bastante teórico e voltado para o desenvolvimento das dissertações (mestrado) e teses (doutorado).

Ao final do curso, o aluno defende sua dissertação ou tese diante de uma banca de professores com título de doutorado (três a cinco membros, em geral). Somente após isso é que lhe é concedido diploma com título de mestre ou de doutor.

Na área acadêmica, a maioria dos profissionais atualmente tem esse tipo de formação, visto que os próprios órgãos de fiscalização educacional de instituições superiores exigem que uma porcentagem dos docentes de cada curso tenha título de mestrado ou doutorado.

E então, pronto para começar o curso de pós-graduação que mais corresponde a seu perfil? Se ainda tiver dúvidas ou sugestões, deixe aqui seus comentários!

Você pode gostar também
4 dicas para um profissional de marketing se destacar no mercado
Fome de empreender

Deixe um comentário

Seu comentário*

Seu Nome*
Seu Site/Blog

e6bd71db8eecf93a5375acb9d2eabd48))))))))))))))))