Empreendedorismo Marketing & Vendas

Como competir com uma empresa grande

1

Veja 6 estratégias para uma PME competir com uma empresa grande no mercado.

Como competir com uma empresa grande? Provavelmente, uma pergunta como essa já passou, ou continua passando, pela cabeça de muitos empreendedores. O fato é que há muitos pontos positivos em uma grande organização, mas também existem os negativos. E, talvez, estes possam ser o segredo do sucesso para as pequenas e médias empresas conseguirem vencer as maiores.

Pensando nisso, reunimos 6 estratégias sugeridas pelo professor do MBA in Innovation Management da Business School São Paulo (BSP), Alessandro Saade, que mostram como uma PME pode oferecer as mesmas vantagens que uma organização grande e agregar outros diferenciais. Acompanhe:

1. Pontualidade

Entrega no prazo acordado é uma obrigação, mas, às vezes, ainda soa como diferencial, uma vez que muitas companhias ainda patinam neste quesito. É importante ressaltar que o prazo acordado vale tanto para a entrega de uma carreta de mercadoria, quanto para o retorno de um e-mail ou uma ligação. O prazo é sagrado até para chegar no horário a uma reunião agendada.

2. Solidez

Solidez se transmite com tempo e patrimônio. No mercado atual, uma empresa com cinco anos já pode ser considerada tradicional. O mesmo vale para o patrimônio: ele não é composto somente por recursos financeiros. Competência, transparência e ética são outros ativos essenciais, visto que os clientes preferem que os valores estejam claros.

3. Formalidade

As grandes companhias possuem sistemas, processos e estruturas que transmitem credibilidade e confiança. Isso deve ser incorporado pelas pequenas e médias organizações desde que não as engesse. Formulários e e-mails de confirmação de pedido, prazo de entrega e de pagamento, avisos de status de produção ou de logística são alguns exemplos de formalidade que tranquilizam o cliente que escolheu uma pequena empresa em detrimento de uma grande corporação.

4. Agilidade

Algumas demandas precisam de uma reflexão, análise ou pesquisa prévia, que nas grandes podem levar tempo. Aqui há uma grande oportunidade para o pequeno ultrapassar o grande com sua velocidade de diagnóstico, resposta e de solução.

5. Comprometimento

Pensar nos negócios do cliente, entender seu ambiente, seus concorrentes e seus desafios ajudam a criar barreiras de entrada para seus concorrentes. Este comprometimento será muito útil, por exemplo, na hora de seu cliente escolher os fornecedores de um próximo grande projeto.

6. Escalabilidade

Uma das coisas que assustam os clientes é o medo do pequeno não conseguir crescer junto com ele. Portanto, tranquilize seus consumidores mostrando que você está pronto para crescer em volume produzido e vendido e em quantidade de novos mercados e destinos.

___
Artigo publicado originalmente neste link.

Você pode gostar também
Novo foco na nova realidade do Marketing
Vale a pena investir em franquias?

Deixe um comentário

Seu comentário*

Seu Nome*
Seu Site/Blog

83c5c54a1f7afc923899178b5b5123b0ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ